[RESENHA DUPLA] Livros do Matthew Quick

Mais uma resenha dupla no blog por dois motivos : estou sem tempo e se eu fosse fazer resenha individual para esses dois livros, o post ia ficar bem pequeno.

Perdão, Leonard Peacock

SINOPSE

Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto.

COMENTÁRIO

Se você estiver pensando em se matar não leia esse livro. Na verdade,se essa ideia te passou pela cabeça procure um médico ou alguém que possa o ajudar. Esse livro conta a história de Leonard e seu aniversário de 18 anos (ficou parecendo comercial da sessão da tarde). Nessa data em especifico ele planeja se matar, mas antes disso, ela ira deixar quatro presentes para pessoas que foram legais ou não na sua vida, e deixando claro pra elas que o motivo pelo qual ele se matou não tem nada haver com elas.

Talvez eu tenha transcendido a minha idade, por assim dizer.

O livro te prende no sentido de que, com o passar a leitura você quer saber quem será o próximo personagem que Leonard ira se despedir e qual é o presente que ele dará a aquela pessoa. A curiosidade é criada por que são personagens totalmente distintos um dos outro.

Precisamos entender tudo? Talvez a arte exista para evocar sentimentos e emoções. Ponto final. Não para significar alguma coisa.

Além disso você se faz outras milhares de perguntas: por que ele quer se matar? Por que ele quer matar um ex-melhor amigo dele antes de tirar sua própria vida? Por que o professor Herr Silverman não mostra os braços nunca?

As perguntas são respondidas a medida que a leitura se estende e você acaba se apaixonando por alguns personagens, como Herr Silverman e Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart.

Por fim, posso dizer que gostei do livro, mas esperava mais de algumas respostas a essas perguntas acima. Todas as respostas das perguntas feitas a dois parágrafos atrás seguem a mesma linha , o que me deixou um pouco decepcionada. Mas em geral o livro é muito bom, a narrativa não é cansativa.

Não faça isso. Não vá para esse trabalho que você odeia. Faça algo de que goste hoje. Ande de montanha-russa. Nade pelado no mar. Vá para o aeroporto e pegue o próximo voo para qualquer lugar apenas por diversão. Gire um globo terrestre, pare-o com o dedo e, em seguida, planeje uma viagem para aquele lugar. Mesmo que seja no meio do oceano, você poderá ir de barco. Coma alguma comida exótica da qual nunca ouviu falar. Pare um estranho e peça a ele para lhe explicar em detalhes seus maiores medos, suas esperanças e aspirações secretas, e em seguida diga-lhe que você se importa. Porque ele é um ser humano. Sente-se na calçada e faça desenhos com giz colorido. Feche os olhos e tente ver o mundo com seu nariz — permita que o olfato seja a sua visão. Ponha o sono em dia. Ligue para um velho amigo que você não vê há anos. Arregace as pernas da calça e entre no mar. Assista a um filme estrangeiro. Alimente esquilos. Faça alguma coisa! Qualquer coisa! Porque você inicia uma revolução, uma decisão de cada vez, toda vez que respira. Só não volte para aquele lugar miserável para onde vai todos os dias. Mostre-me que é possível ser adulto e também ser feliz. Por favor.

Ahh, não posso esquecer das cartas para o futuro. Durante o livro, entre um capitulo e outro aparecem cartas do futuro escritas por pessoas que farão parte do futuro de Leonard , pedindo para que ele aguente firme e não se mate. No começo você fica perdido com isso,mas depois entende de onde vem as cartas e sem dúvida foi a ideia exposta pelo livro que eu mais gostei.

O Lado Bom da Vida

SINOPSE

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele “lugar ruim”, Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um “tempo separados”. Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora.

COMENTÁRIO

Sim, eu já havia visto o filmem, e por incrível que pareça, não perdi o animo pra ler mesmo já sabendo a história, como está acontecendo com Divergente. Posso dizer com todas as letras : O LIVRO É BEM MELHOR QUE O FILME.

Ele narra a história de Pat,saindo do lugar ruim, e voltando pra casa a espera de reencontrar Nikki,sua mulher/ex-mulher.

Estou praticando ser gentil em vez de ter razão!

Algo que eu preferi mil vezes no livro do que no filme é o fato dele não lembrar o que aconteceu para que ele e Nikki estabelecessem um ‘tempo separados’ e ele fosse parar no lugar ruim. Ele não lembra o tempo que passou no lugar ruim,não lembra nada. Assim, ele não parece um grande idiota correndo atrás da mulher. No filme ele lembra por que ele foi parar no lugar ruim,sabe o que Nikki fez e mesmo assim, MESMO ASSIM, ele corre atrás dela.

Em alguns momentos você quer dar um tapa no Pat? Sim, por que ele fica lá que nem um bobão se preparando e na esperança de voltar para a ex-mulher, mas fazer o que né?

Bem, tudo fica melhor na história quando Tiffany aparece. Ela tem uma personalidade forte e decidida, e é maravilhoso isso. Ver um homem como o Pat aprendendo com o tempo, mesmo com MUITO tempo, a amar de novo outra pessoa é perfeito.

Eu gostava de estar com você mesmo que não falássemos nada.

Em geral, o livro é muito bom e eu recomendo fortemente.

É isso povo! 🙂 Um beijo e até mais,fui!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s