[RESENHA] Lucíola por José de Alencar

Olá pessoas!

Enfim… ENFIM,eu terminei Lucíola. Na verdade,terminei quarta dessa semana. Minha intenção era ter lido de uma vez,mas me faltou tempo e disposição. Mas por que essa agonia pra terminar? Bem, Lucíola foi o livro escolhido pelo meu professor de português para ser trabalhado em sala de aula esse bimestre. Portanto,para fazer as atividades eu tinha que ter terminado o livro… é o mais lógico.

Mas enfim, é claro que terminando o livro eu ia fazer resenha aqui. Então… aproveitem! 😀

Lucíola

FICHA TÉCNICA

ISBN:  ISBN-13: 9788516039660 ISBN-10: 8516039668

Páginas: 120

Nota: ★★★★★

Sinopse: Independente e altiva, Lúcia, a mais rica cortesã do Rio de Janeiro, não se deixava prender a nenhum homem. Até conhecer Paulo. A partir daí, ela se vê totalmente entregue; tudo o que quer é permanecer junto dele. Esse romance passa a ser o assunto mais comentado na Corte. Os comentários chegam aos ouvidos de Paulo e o incomodam profundamente. Valeria a pena romper seu relacionamento só para manter a boa imagem diante das pessoas?.  (Skoob)

O LIVRO

José de Alencar é sem dúvida um dos maiores escritores brasileiros de romance,se não O maior. Já tinha uma ‘imagem’ muito boa de seus livros criada pela experiencia que tive lendo Senhora,que por sinal é fantástico,e com isso vim com uma expectativa muito grande em cima de Lucíola.

Não me decepcionei.

O livro,além de tocar em assuntos polêmicos de uma forma inteligente, mostra uma história de amor que tem limites e obstáculos. Como assim? Bem, em Lucíola conhecemos Lúcia,uma cortesã que chama a atenção de todos em seu meio,tanto por ser muito bonita quanto por se caracterizar como uma mulher muito inteligente,que mesmo estando naquele meio,sabe conversar e como se portar. Um prova disso é que quando Paulo, narrador personagem do livro, a vê pela primeira vez fica encantado por ela. Desde esse momento da narrativa,até o final do livro, lembrei de uma frase de Vladimir Nabokov que diz : “Tinha sido amor à primeira vista, à última vista, às vistas de todo o sempre.” Leiam o livro e me digam se concordam comigo! 😉

Não fui eu que possuí essa mulher; e sim ela que me possuiu todo, e tanto, que não me resta daquela noite mais do que uma longa sensação de imenso deleite […]

Tudo isso começa em 1855,quando Paulo chega ao Rio de Janeiro e vê Lúcia pela primeira vez. Ele se apaixona imediatamente pela moça e em uma ocasião onde a vê pela segunda vez,pergunta a seu amigo Sá “Quem é a senhora?“. Após fazer esse questionamento,vemos os primeiros sinais de preconceito na resposta do amigo:

Não é uma senhora, Paulo! É uma mulher bonita. Queres conhecê-la ?. . .

Sá,durante todo o livro, é o personagem que melhor retrata a sociedade preconceituosa da época. A partir desse momento, Alencar começa a trazer a tona a temática principal do livro : a hipocrisia da sociedade daquela época.

Lucíola

Paulo,mesmo descobrindo que Lúcia na verdade é uma cortesã,continua apaixonado pela moça e passa a visita-la em sua casa. A aproximação cada vez maior é inevitável, e não demora muito até que possamos ver que os dois estão apaixonados um pelo outro. É nesse momento que o livro de José de Alencar se diferencia da maioria dos romances românticos. Diferente do que normalmente acontece na literatura romântica, Paulo não perde a sanidade e começa a agir pelo amor. Usando outras palavras, ele não é cegado pela paixão e passa a agir sem pensar nas consequências. Durante todo o romance os dois vivem dilemas. Paulo se vê dividido entre ficar ou não com Lúcia,pois se preocupa em como a sociedade irá ver seu relacionamento com ela,além do fato de não ter boas condições para sustentar uma cortesã. Já Lúcia, também tem seus dilemas. Ela vê Paulo como uma saída pra aquela vida.

Durante esse caminho que os dois trilham, diversas vezes eles são bombardeados com os preconceitos da época,criando obstáculos na relação dos dois. Isso prende o leitor ao livro,além do fato de estarmos sempre nos perguntando o que levou Lúcia a tal vida,o que aconteceu com sua família,seu passado.

Sabes que terrível coisa é uma cortesã, quando lhe vem o capricho de apaixonar-se por um homem! Agarra-se a ele como os vermes, que roem o corpo dos pássaros, e não os deixam nem mesmo depois de mortos. Como não tem amor, e não pode ter, como a sua inclinação é apenas uma paixão de cabeça e uma excitação dos sentidos, orgulho de anjo decaído mesclado de sensualidade brutal, não se importa de humilhar seu amante. Ao contrário sente um prazer novo, obrigando-o a sacrificar-lhe a honra, a dignidade, o sossego, bens que ela não possui. São seus triunfos.[…]

É importante, que o leitor tenha uma visão crítica do romance. Tradução : não apenas ler e colocar pra dentro tudo da história,como que decorando oque acontece,mas perceber o que José de Alencar queria mostrar com o romance. É muito interessante a forma como do começo ao fim ele entrega o costumes da época : as escondidas a sociedade fazia,mas na frente de todos, ela recriminava o ato. O fim do livro trás uma questão, que eu não vou comentar aqui pra não dar spoiler,mas que eu gostaria apenas que vocês se perguntassem: poderia haver outro fim para essa história? Ou José de Alencar acertou em cheio na forma como se da o desfecho da história? 

Enfim, eu gostei bastante da narrativa,mesmo tendo dificuldade pra terminar o livro. A linguagem é um pouco difícil e quando se está cansada tudo fica ainda mais difícil. De qualquer maneira, o livro é fantástico, o final é surpreendente e consegue arrancar lágrimas de qualquer pessoa.

Eu poderia passar mais algumas horas aqui falando sobre esse livro,mas se eu fizer isso vocês não vão ter mais nada pra descobrir com a leitura hahaha Por isso vou acabar a resenha por aqui! 😀

Só uma observação antes de finalizar o post : eu li esse livro pelo Play Livros da Play Store. Não curto muito ler ebook,mas tive uma boa experiencia com esse aplicativo. A loja disponibiliza vários livros gratuitos,entre eles Lucíola. Tem vários títulos de escritores clássicos como Machado de Assis,Aluísio de Azevedo e Castro Alves. Pra quem está afim de conhecer mais autores como esses,eu recomendo o aplicativo. Se você usa o Moto E como eu, por exemplo, ele já vem no celular.

Lucíola

Um grande abraço e até a próxima! 😀

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s