[RESENHA] Fim da Guerra Part 1 (Série Redenção) por M. A. Costa

Hey gente!

MAIS UM CONTO DO M. A. COSTA! Uhuuu! Marcelo me deixando mais apaixonada pelo Redenção a cada dia que passa.

Não é novidade nenhuma que eu amo o livro Redenção e os contos que vem fazendo parte do ‘universo expandido’ da ´serie de livros.  Pra quem não conhece, tem resenha do Redenção e do primeiro conto publicado, Metrovinos: A Origem , aqui no blog. E logo logo teremos uma surpresa envolvendo o RPG do Redenção.

Hoje eu vim falar pra vocês do mais novo conto que o M. A. Costa escreveu : Fim da Guerra Part.1.  O conto foi lançado na quarta passada (sem ser a dessa semana,a outra) e eu só consegui ler ontem 😦

Mas enfim, vamos a resenha!

(Mão tremendo pacas)

FICHA TÉCNICA

ISBN:  B0116N0IEC

Páginas: 20

Nota: ★★★★★

Sinopse: O mundo não encontrou a paz facilmente. Até 2323 muitas guerras locais e globais assolaram nosso planeta. E se hoje vivemos uma era de paz devemos isto a um homem: Aamir Singh. Este homem ousou levantar-se contra todo mal, contra déspotas e ditadores, contra militaristas e fascistas.  (Skoob)

O CONTO

A história do conto se passa antes, cronologicamente, da história do livro principal, Redenção.

E houve a Guerra.

E houve sangue.

E houve morte.

Depois, a paz.

Nesse livro, que terá duas partes, o autor nos conta como o mundo chegou a ter a paz que nós conhecemos no livro um Legionella. A forma como isso é contado ao leitor foi o que fez desse conto o meu novo bebê: estamos assistindo a uma aula de Política Internacional com o professor Angelo Costaverde na Universidade de Harvard, em Princeton. O ano é 2523 e o assunto da aula é como a humanidade chegou a ter a paz que eles conhecem.

Desconstruindo tudo que poderíamos pensar, Costaverde nos fala que essa paz foi conquistada por meio de um homem que teve a coragem e audácia de dar um basta na maldade. Seu nome? Aamir Singh. Nas páginas que se seguem, lemos um relato detalhado de como Aamir Singh unificou todos os países com sua Guerra Cibernética, campanha essa que tirou em menos de um mês todos os sistemas governamentais das mãos dos poderosos.

Logo mais a frente podemos ver o relato de Heydar, um jovem garoto de 12 anos que conseguiu registrar sua fuga e a de sua família durante a Guerra Cibernética e a tomada de poder por parte de Aamir Singh. É esse relato que deixa o leitor um pouco confuso.

Por meio das palavras de Heydar, vemos como Aamir matou centenas de pessoas por meio de seus soldados-robôs RD-1s, em nome da paz. Ver o relato desesperado do garoto, que teve que se tornar o homem da família para sua mãe e seus dois irmãos, deixa o leitor no dilema de : quem é o certo da história?

Eles, os invasores, divulgam na TV que são um “Exercito da Paz”. Que vieram nos libertar de ditadores. Mas nosso governo não nos tratava mal. Nada faltava e vivíamos em paz até eles chegarem. Só vi morte nas mãos deles.

No final do conto podemos ler uma mensagem que Aamir emitiu durante uma coletiva de imprensa. Segundo ele, por respeitar a vida mais que qualquer outra coisa, tomou a atitude de interromper golpes militaristas da cúpula governista do Irã  e que logo estaria devolvendo ao mundo o controle das coisas.

A frase que marcar o fim do conto nos deixa com uma ansiedade enorme pela sua continuação:

Cada um é responsável, dentro de suas possibilidades,em fazer o bem nesta vida. Eu farei a minha parte. – Singh

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter Tumblr  Pinterest  Ask  Skoob

Anúncios

Um comentário em “[RESENHA] Fim da Guerra Part 1 (Série Redenção) por M. A. Costa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s