[RESENHA] A Página Certa do Laplace Cavalcanti

 :

Hey pessoas!

Antes de mais nada, gostaria de explicar o motivo pelo que qual estou em greve e mesmo assim não ta saindo resenha no dia certo aqui no blog. Só consegui trazer resenha três vezes por semana aqui no blog durante a primeira semana,depois meu corpo sentiu que eu podia relaxar depois de alguns meses de stress no IF e pronto : fiquei destruída. Eu estava muito cansada e acabei aproveitando alguns semanas pra descansar. O resultado dessa brincadeira foi : perdi o pique. Eu posso sentar em qualquer lugar a qualquer hora : se eu começar a ler, vou dormir 5 min depois. Ta um caso sério.

Mas sem mais delongas, vamos ao que interessa. Hoje eu vou resenha A Página Certa, presentinho do autor e amigo Laplace.

 :

ISBN:  ISBN-13: 9788591714315 ISBN-10: 8591714318

Páginas: 228

Nota: ★★★★★

Sinopse: Excêntrico, dramático e mesquinho, essas são algumas das qualidades de Renato – segundo ele próprio – além de ser um empresário de sucesso. Já Cláudia é uma escritora com uma carreira em declínio, que acredita no amor verdadeiro. Mas, o destino desses dois corações opostos estava prestes a se cruzar, quando Renato resolve contratar Cláudia como sua consultora de relacionamentos para ensiná-lo a conquistar uma mulher para se casar. Será que Claudia dará conta de cumprir esta missão quase impossível?

 :

Já falei aqui que estou saturada de livros distópicos. Isso significa que eu não leia livros distópicos? Não! Apenas significa que eu sempre vou ler eles com um pé atrás, com medo de que o autor caia num poço cheio de clichês. Isso tem acontecido muito e me deixa realmente … chatiada,posso dizer.

Porém, a pouco me surpreendi muito com uma distopia brasileira que li : livro fantástico.

Posso dizer que tive a mesma experiencia com A Página Certa. Como assim,May? Mas não é um livros distópico! É um romance! Exato. E essa é outra classificação de livros que está cheia LOTADA de livros clichês, com finais previsíveis. E você vai encontrar exatamente o contrário lendo A Página Certa. O livro é fantástico!

 :

A história, a primeira vista, parece ter um final bem previsível . De um lado temos Cláudia, uma escritora que nunca alcançou vendas fantásticas com seus livros e agora se vê em uma situação ainda pior : o contrato com a editora que publicava seus livros foi desfeito e ela está desempregada. Do outro lado da história temos Renato, que tenho que dizer, é um personagem hilário. Ele é tipo o Tony Stark do nordeste. O cara cuida dos negócios da família e tem seu próprio restaurante. Nem um pouco jeitoso com pessoas, a única pessoa que aparentemente se dá muito bem com ele é Marcos, um amigo de longas datas que acabou se tornando seu motorista.

 :

 Livro autografado ❤

Um homem totalmente descrente do amor verdadeiro, e uma autora de romances românticos fracassada. Esses são nossos dois personagens.

A vida dos dois acaba se cruzando quando Marcos quase atropela Cláudia e sua amiga, Beatriz. Após o encontro desastroso, Renato acaba oferecendo a Cláudia um emprego, movido por um desafio feito por Marcos, que afirmou que ele nunca conseguiria convencer uma mulher a  se casar com ele (levando em conta que Renato disse que nunca se casaria). Decidido a provar o contrário, Renato pede a Cláudia que seja sua consultora amorosa, já que ela escreve livros de romances e ‘entende do assunto’. A essa altura da história, Cláudia não gostava nem um pouco de Renato e não aceitou o emprego logo de cara. Porém, a necessidade de um trabalho leva a autora a aceitar o emprego, o que levará os dois a um final incrível.

 :

Sobre o enredo como um todo, é isso que eu posso dizer. Agora vamos aos pontos a serem destacados e por que eu gostei tanto do livro.

Primeiro, eu não vou poder falar exatamente por que eu gostei do livro, por que isso envolve alguns fatos que podem ser considerados spoiler , mas vou tentar convencer vocês de que o livro é realmente bom. Bem, um dos pontos legais é a forma como o autor insere os personagens secundários nas história. Marcos e Beatriz, por exemplo, são personagens secundários, mas tem uma importância muito grande na história. Marcos está todo o tempo ao lado de Renato, conseguindo conquistar o leitor a cada página. Porém, o personagem principal não perde o foco na história por isso. Você consegue amar Renato pela personalidade peculiar que ele tem, criando cenas hilárias durante o livro. Na verdade, o livro está cheio de personagens hilários. Renato tem uma certa inocência… que na verdade eu posso chamar de falta de senso, que o torna um personagem fantástico.

– Eu nunca disse isso. Eu disse que eu não quero me casar. Por qual razão nenhuma mulher iria querer se casar comigo? Eu sou um grande partido.Sou rico.

– Mas é mesquinho.

– Charmoso.

– Quando está de boca fechada.

– Bastante prestativo.

– Apenas se tratando de algo do seu interesse.

O fato é : você não tem ideia de como Marcos é um personagem apaixonante. É sério.

O segundo fato é que é notável a evolução dos personagens. A mudança aos poucos. No começo da história Renato e Cláudia se odeiam, e dai você pensa “Isso vai ser igual fanfic e eles vão do nada aparecer se amando aí“. E não… O autor usa do timing perfeito. Você vê uma amizade surgindo, mas bem aos poucos. Resumindo : chega o final do livro você consegue ver o notável crescimento na personalidade de cada personagem, além da evolução perfeita da relação entre eles.

E terceiro : o livro vai te levando por um caminho que você não imagina. Você vê relações surgindo e pensa “Não… Não é possível que ele vai investir nesse relacionamento” E BUM! Sim… ele (autor) cria uma relação entre dois personagens que você não imaginava.

Esse terceiro ponto ficou bem vago, mas é por que eu realmente não posso dizer quem são os personagens, que relações são essas, por que né?!

Ah… outro fato legal, pra quem mora em João Pessoa, é que o livro se passa aqui. Sim, se passa em Jampa. O Laplace cita lugares reais de João Pessoa . Não sei se os restaurantes citados realmente existem, mas ele fala de lugares como o Centro, a praia de Cabo Branco, entre outros lugares. Isso é muito legal, pra quem conhece a cidade, por que você consegue vê a cena acontecendo ali.

 :

Pra finalizar, gostaria de dizer que eu amei o livro. Recomendo MUITO. Além de ser um romance bem leve, do tipo que você lê em uma tarde, é uma história com personagens e situações muito engraçadas. Personagens apaixonantes (Marcos <3). E uma trama que vai seguir um caminho diferente daquele que você pensa.

Depois de ler esse livro, eu quero que você me diga: já encontrou a sua página certa?

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob

Anúncios

4 comentários em “[RESENHA] A Página Certa do Laplace Cavalcanti

  1. Pingback: Hey Ysa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s