[RESENHA] A Garota no Trem da Paula Hawkins

Hey pessoas!

 :

ISBN:  ISBN-13: 9788501104656 ISBN-10: 8501104655

Páginas: 378

Nota: ★★★★

Sinopse: Um dos maiores fenômenos editoriais dos últimos tempos, o thriller psicológico The Girl on the train, de Paula Hawkins, surpreendeu até mesmo seus editores e a própria autora, nascida e criada no Zimbábue, que vive em Londres desde os 17 anos: em menos de um mês, o livro – que vem sendo comparado pela crítica a uma mistura de Garota exemplar e Janela indiscreta – ultrapassou a impressionante marca de 500 mil exemplares vendidos e alcançou o primeiro lugar nas listas de mais vendidos em todos os países em que foi publicado (Reino Unido, Irlanda, EUA e Canadá) desde seu lançamento em janeiro. A trama, que gira em torno do desaparecimento de uma jovem mulher, com três narradoras femininas duvidosas, conquistou fãs como o mestre do mistério Stephen King, que publicou em sua conta do Twitter que o “excelente suspense” o manteve acordado a noite inteira: “a narradora alcoólatra é mortalmente perfeita”.

 :

Thriller psicológico sé sem dúvida o meu gênero favorito. Nesse livro, como em todos os outros que eu li desse gênero, você cria suas teorias e no final elas são destruídas com a verdade, que você não teria descoberto sem a ajuda da personagem.

 :

Em A Garota No Trem nós temos três lados de uma mesmo história. O ponto de vista de Anna,Rachel e Megan sobre o desaparecimento de uma mulher. No começo somos apresentados a Rachel, uma mulher que pega o trem sempre na mesma hora todos os dias e observa Jess e Jason na casa 15. Com o passar da história descobrimos que Rach tem sérios problemas com o álcool, e não sabe lidar muito bem o termino do seu casamento. Toda vez que ela pega o trem, passa na frente da casa de Tom, seu ex-marido, que agora vive com Anna e sua filhinha, Evie.

Rachel é uma personagem um tanto quanto peculiar. Ela gosta de observar o casal da casa 15 toda vez que o trem faz sua parada na frente da casa dos dois. Ela os apelidou carinhosamente de Jess e Jason. Rach cria uma história para os dois. Acredita no amor verdadeiro do casal. É como uma novela que ela vê um novo capitulo toda vez que entra no trem.

Porém, tudo muda quando Rach descobre que a mulher que ela observava todos os dias desapareceu. É partir desse momento que nós começamos a criar e especular o que pode ter acontecido com Jess (que tem como nome verdadeiro Megan). No começo você acha que os relatos das três personagens não vão se encontrar em momento algum, mas não demora muito até que você comece a ver que as três personagens estão ligadas.

A narrativa prende o leitor, que quer saber o mais rápido possível o que aconteceu com Megan e como Anna e Rach estão envolvidas nisso. O que deixa a narrativa com ainda mais suspense é o fato de Rach ter falhas na memória, por causa bebida. Por esse motivo ela vai se lembrando de alguns fatos aos poucos, o que vai dando ao leitor as dicas do que aconteceu. Mas não se preocupe : você vai ficar nesse suspense até o último capitulo.

 :

Falando de alguns aspectos separados do livro, eu gostei bastante da escrita da Paula. Você consegue se apegar aos personagens, odiar outros […] Você sente o suspense e o medo das personagens, a raiva… Tudo. É fantástico. Inclusive, desenvolvi um ódio enorme pela relação da Anna com a Rach ( e do Tom também). Mas enfim… só lendo pra entender.

Recomendo fortemente o livro! 😀

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob

Anúncios

8 comentários em “[RESENHA] A Garota no Trem da Paula Hawkins

    1. Em comparação com outros do mesmo estilo, ele é mais tranquilo (não tem coisas brutas ou personagens sanguinários ou coisa do tipo). O que mais pega o leitor mesmo a narrativa em volta do crime : os costumes da Rach (ela parece muitas vezes sofrer de TOC/DOC). Eu realmente recomendo 😉

  1. Amei sua resenha. Minha amiga está lendo esse livro e disse que era ótimo, mas eu ainda tinha receio de começar a ler por não ser o meu gênero predileto . A sua resenha me deixou curiosa para ler o livro. Obrigada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s