Por onde começar a ler Sherlock Holmes?

Hey!

Olha só quem voltou, não é mesmo?

O afastamento do blog veio devido a uma mudança de casa, além da bendita greve, que atingiu os Institutos Federais, ano passado. Quando as aulas voltaram, todo mundo teve que correr pra conseguir fechar o ano letivo – sim, meu ano letivo de 2016 acabou agora.

Mas o importante é que estou de volta agora, e trazendo um vídeo muito legal sobre Sherlock Holmes. Nesse vídeo, eu dou pelo menos três ideias diferentes de como uma pessoa que nunca leu Sherlock Holmes, começar a ler.

Lista de livros na ordem cronológica :

  • Um estudo em vermelho (A Study in Scarlet) – publicado em 1887.
  • O signo dos quatro (The Sign of the Four) – publicado em 1890.
  • As Aventuras de Sherlock Holmes (The Adventures of Sherlock Holmes) – série de contos publicada em 1892
    • Um Escândalo na Boêmia (A Scandal in Bohemia) – publicado em Julho de 1891.
    • A Liga dos Cabeças-vermelhas (The Red-Headed League) – publicado em Agosto de 1891.
    • Um Caso de Identidade (A Case of Identity) – publicado em Setembro de 1891.
    • O Mistério do Vale Boscombe (The Boscombe Valley Mystery) – publicado em Outubro de 1891.
    • As Cinco Sementes de Laranja (The Five Orange Pips) – publicado em Novembro de 1891.
    • O Homem da Boca Torta (The Man with the Twisted Lip) – publicado em Dezembro de 1891.
    • O Carbúnculo Azul (The Adventure of the Blue Carbuncle) – publicado em  Janeiro de 1892.
    • A Banda Malhada (The Adventure of the Speckled Band) – publicado em  Fevereiro de 1892.
    • O Polegar do Engenheiro (The Adventure of the Engineer’s Thumb) – publicado em Março de 1892.
    • O Nobre Solteirão (The Adventure of the Noble Bachelor) – publicado em  Abril de 1892.
    • A Coroa de Berilos (The Adventure of the Beryl Coronet) – publicado em  Maio de 1892. .
    • As Faias Acobreadas (The Adventure of the Copper Beeches) – publicado em Junho de 1892.
  • As Memórias de Sherlock Holmes (The Memoirs of Sherlock Holmes) – série de contos publicada em 1894.
    • O Estrela de Prata (Silver Blaze) – publicado em Dezembro de 1892
    • A Caixa de Papelão (The Adventure of the Cardboard Box) – publicado em Janeiro de 1893
    • A Face Amarela (The Yellow Face) – publicado em Fevereiro de 1893
    • O Escriturário da Corretagem (The Adventure of the Stockbroker’s Clerk) – publicado em Março de 1893
    • A Tragédia do Gloria Scott (The “Gloria Scott”) – publicado em Abril de 1893
    • O Ritual Musgrave (The Musgrave Ritual) – publicado em Maio de 1893
    • O Enigma de Reigate (The Reigate Puzzle) – publicado em Junho de 1893
    • O Corcunda (The Crooked Man) – publicado em Julho de 1893
    • O Paciente Internado (The Resident Patient) – publicado em Agosto de 1893
    • O Intérprete Grego (The Greek Interpreter) – publicado em Setembro de 1893
    • O Tratado Naval (The Naval Treaty) – publicado entre Outubro e Novembro de 1893
    • O Problema Final (The Final Problem) – publicado em Dezembro de 1893.
  • O Cão dos Baskervilles (The Hound of the Baskervilles) – publicado entre 1902 e 1903.
  • O Retorno de Sherlock Holmes (The Return of Sherlock Holmes) – série de contos publicada em 1905.
    • A Casa Vazia (The Adventure of the Empty House) – publicado em Outubro de 1903
    • O Construtor de Norwood (The Adventure of the Norwood Builder) – publicado em Novembro de 1903
    • Os Dançarinos (The Adventure of the Dancing Men) – publicado em Dezembro de 1903
    • A Ciclista Solitária (The Adventure of the Solitary Cyclist) – publicado em Janeiro de 1904
    • A Escola do Priorado (The Adventure of the Priory School) – publicado em Fevereiro de 1904
    • Pedro Negro (The Adventure of Black Peter) – publicado em Março de 1904
    • Charles Augustus Milverton (The Adventure of Charles Augustus Milverton) – publicado em Abril de 1904
    • Os Seis Bustos de Napoleão (The Adventure of the Six Napoleons) – publicado em Maio de 1904
    • Os Três Estudantes (The Adventure of the Three Students) – publicado em Junho de 1904
    • O Pince-Nez de Ouro (The Adventure of the Golden Pince-Nez) – publicado em Julho de 1904
    • O Jogador Desaparecido (The Adventure of the Missing Three-Quarter) – publicado em Agosto de 1904
    • Abbey Grange (The Adventure of the Abbey Grange) – publicado em Setembro de 1904
    • A Segunda Mancha (The Adventure of the Second Stain) – publicado em Dezembro de 1904
  • O vale do medo (The Valley of Fear) – publicado em 1915.
  • A última aventura de Sherlock Holmes (His Last Bow) – série de contos publicada em 1917.
    • A Aventura da Casa das Glicínias (The Adventure of Wisteria Lodge) – publicado entre Setembro e Outubro de 1908
    • A Aventura da Caixa de Papelão (The Adventure of the Cardboard Box) – publicado em Janeiro de 1893
    • A Aventura do Círculo Vermelho (The Adventure of the Red Circle) – publicado entre Março e Abril de 1911
    • Os Planos para o Submarino Bruce-Partington (The Adventure of the Bruce-Partington Plans) – publicado em Dezembro de 1908
    • A Aventura do Detetive Moribundo (The Adventure of the Dying Detective) – publicado em Dezembro de 1913
    • O Desaparecimento de Lady Frances Carfax (The Disappearance of Lady Frances Carfax) – publicado em Dezembro de 1911
    • A Pata do Diabo (The Adventure of the Devil’s Foot) – publicado em Dezembro de 1910
    • O Último Adeus de Sherlock Holmes (His Last Bow) – publicado em Setembro de 1917.
  • Os Arquivos de Sherlock Holmes (The Case-Book of Sherlock Holmes) – série de contos publicada em 1927.
    • A Aventura de um Cliente Ilustre (The Adventure of the Illustrious Client) – publicado entre fevereiro e março de 1925
    • A Aventura do Soldado Livido (The Adventure of the Blanched Soldier) – publicado em novembro de 1926
    • A Aventura da Pedra Mazarino (The Adventure of the Mazarin Stone) – publicado em outubro de 1921
    • A Aventura das Três Empenas (The Adventure of the Three Gables) – publicado em outubro de 1926
    • A Aventura do vampiro de Sussex (The Adventure of the Sussex Vampire) – publicado em janeiro de 1924
    • A Aventura dos Três Garridebs (The Adventure of the Three Garridebs) – publicado em janeiro de 1925
    • O Problema da Ponte de Thor (The Problem of Thor Bridge) – publicado entre fevereiro e março de 1922
    • O Homem que andava de Rastros (The Adventure of the Creeping Man) – publicado em março de 1923
    • A Juba do Leão (The Adventure of the Lion’s Mane) – publicado em dezembro de 1926
    • A Inquilina de Rosto Coberto (The Adventure of the Veiled Lodger) – publicado em fevereiro de 1927
    • O Velho Solar de Shoscombe (The Adventure of the Shoscombe Old Place) – publicado em abril de 1927
    • O Negro Aposentado (The Retired Colourman) – publicado em janeiro de 1927.

Lista de livros do Sherlock Holmes resenhados no blog:

ACOMPANHE O HEY YSA NAS REDES SOCIAIS:

Facebook TwitterInstagram ▲ You Tube ▲ Pinterest ▲ Skoob

▁▁▁

[RESENHA] O Ano Em Que Te Conheci por Cecelia Ahern

Se você estuda em uma instituição federal já deve ter passado pela situação de do nada é aprovada uma greve e os professores começam a correr com assunto, para terminar o bimestre antes da greve. Me encontro nessa situação. Ainda por cima, pra ajudar, meu computador resolveu brincar de morrer e pifou bonito. Por essas razões e outras, acabei não voltando regularmente como havia prometido. 😦

Mas, vamos esquecer o tempo ruim e falar de coisa boa. Vamos falar de Novo Conceito. Hoje, estou trazendo pra vocês a resenha de um livro que fez muito sucesso no exterior, e já está ganhando coração de muita gente aqui no Brasil: O Ano em que Te Conheci, da Cecelia Ahern.

Este livro está sendo resenhado em parceria com a Editora Novo Conceito.

BASE WIDGTES FICHA TÉCNICA

ISBN:  ISBN-13: 9788581638324 ISBN-10: 8581638325

Páginas: 336

Autor: Cecelia Ahern

Editora : Novo Conceito 

Sinopse: Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt. Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato. Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt. Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda. Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente. Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer. Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.

BASE WIDGTES O LIVRO

Inverno : A estação entre o outono e a primavera, que no Hemisfério Norte compreende os meses mais frios fo ano : dezembro, Janeiro e fevereiro. Um período de inatividade ou declínio. (Pág.7)

Jasmine tem duas grandes paixões na sua vida: seu trabalho e sua irmã, Hearthe, que sofre de Síndrome de Down. Matt é seu vizinho da frente. Dono de um programa de rádio não muito instrutivo, chega todos os dias de madrugada em casa, bêbado. Jasmine não suporta ele. É assim que a história de Matt e Jasmine começa em O Ano em que Te Conheci, de Cecelia Ahern.

Não sou um stalker, mas é que você também torna muito difícil não ficar a sua espreita. Você é um ato circense completo e não consigo resistir em ser seu público. (Pág. 25)

Depois que Jasmine perde o emprego, e começa a entrar em parafuso por não ter nada para fazer durante 1 ano de licença que terá que cumprir, ela decide começar a ocupar o seu tempo com a reforma do seu jardim. Ao mesmo tempo, nossa personagem que tem nome de flor, observar seu vizinho da frente, que odeia com todas as forças, entrar na vida de alcoólatra sem família, após perder o emprego também.

De madrugadas arrumando o jardim, e acolhendo aquele que ela mais odeia, Jasmine abre espaço para que Matt se aproxime. Vemos uma amizade um tanto quanto estranha, começar a florescer. O Ano em que eu te conheci mostra o que pode acontecer em quatro estações, quando abrimos nossa mente e procuramos conhecer as pessoas além do que elas aparentam ser.

“Heather é uma garota a moda antiga e prefere seus discos.Ela sabe o nome dos músicos tocando cada instrumento e quem produziu e arranjou cada canção […] Quando Heather compartilha seu conhecimento, as pessoas sempre se surpreendem e ficam impressionadas. E o que acontece quando ela percebe que estão impressionados com ela? Como todos nós, ela florece.” (Pág. 87)

Muito divertido e ao mesmo tempo dramático, o livro de Cecelia Ahern mostra com é importante deixar de lado o preconceito e procurar conhecer de verdade as pessoas. Algo que me chamou muito atenção, além desse caminho principal, é como a relação entre Jasmine e sua irmã é retratada. Em alguns momentos do livro podemos ver como Jasmine lida com isso com paciência e amor, quando ao mesmo tempo, outras pessoas não entendem o que sua irmã tem e como deve ser respeitado. Por esse motivo, e vários outros que eu quero que vocês descubram lendo, eu recomendo muito O Ano em que Te Conheci.

AVISO! Falta de posts, volta a rotina…

Hey pessoas!

Então, esse post é só pra atualizar vocês do por que nessas duas últimas semanas os posts estarem saindo meio bagunçado, ou até mesmo não estarem saindo no dia (ou em momento algum). A questão é a seguinte, eu voltei a estudar e 4º bim sempre é corrido (sim, estamos no 4º bimestre). É projeto final de Desenho Arquitetônico, é projeto final de CAD, é assunto final de Topografia… enfim, mega corrido. Por esse motivo, eu acabei atropelando rotina, tanto pessoal como do blog. Por todos esses motivos, mil perdões. Odeio ficar sem cumprir com os cronogramas que eu estabeleço.

Esse post foi mais para explicar o por que desse bagunça, e que eu vou usar esse feriado da próxima semana para adiantar posts/vídeos e me organizar, para poder voltar a minha rotina de posts e tudo mais, beleza?! A partir da semana que vem (de quarta, mais especificamente) a rotina de posts volta e está tudo beleza! 😀

Então é isso… um grande abraço e até a próxima, fui!

[FOTOGRAFIA] Preto e Branco

Hey pessoas!

Eu, como uma boa aluna do IFPB, voltei as aulas e já estou sem tempo. Essa semana não tive condições de escrever resenha alguma, mas sexta tem vídeo resenha normal.

Por essa falta de tempo, resolvi fazer um post com algumas fotos aleatórias que tirei nos últimas dias, visto que já faz um tempo que não falo de fotografia aqui.

Então… Allons-y!

 :

 :

 :

 :

 :

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest ✽ Skoob

[SESSÃO 42] Hey Ysa no HQPB 2015

Hey pessoas!

Como eu já vinha comentando com vocês, nesse fim de semana que passou, aconteceu aqui em João Pessoa o HQPB 2015. E, pela primeira vez, parei de prometer e fiz uma (humilde) cobertura do evento. Após juntar tudo que eu gravei lá, dividi em dois vídeos (na verdade três, mas o terceiro é só uma parte separada, que também está sem outro vídeo).

Fiz um vídeo com os três dias de evento :

Ai, como uma boa fã freak do Vitor e da Lu Cafaggi, separei a mensagem deles em outro vídeo também:

E além desses dois vídeos, vou postar um terceiro, entre essa semana e a próximo, com partes das palestras que o Vitor e a Lu Cafaggi participaram. Aguardem! 😀

E abaixo, vocês conferem algumas fotos que eu tirei lá. Pra ver todas, é só entrar na página do facebook do Hey Ysa clicando aqui.

 :

 :

 :

 :

 :

Essa foto tem história pra contar : Durante a palestra o Vitor falou que , durante o processo de criação do Laços, ele desenhou um Cascão e a Lu virou pra ele e disse “Esse Cascão está torto”, o que levou ele a apagar o Cascão e desenhar novamente, até ficar legal.
Quando fui pedir meu autógrafo, ele disse :
“Quer que eu desenhe o que?”
“Fique a vontade”
“Pode ser um Cascão?”
“Pode. Só não vale ser torto”
Ele sorriu e falou “Boa! Posso te contar um segredo?” Então ele abriu a revista, a procura de uma página e disse “Você será uma das poucas pessoas na Terra a saber qual foi o Cascão torto”, logo depois, me mostrou o bendito Cascão que havia ficado torto no primeiro desenho.
“Esse é nosso segredo!”
Muita fofura, né? ❤ 😀 E não… eu não vou dizer qual foi o Cascão 😉 hahaha’

 :

 :

 :

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob

Programação de posts e vídeos

Hey pessoas! Tudo certo com vocês?

Então, já faz algum tempo que estou um pouco insatisfeita com a ordem ou frequência com que faço posts e posto vídeo no canal do blog. Quem me conhece pessoalmente sabe que eu sou uma pessoa um pouco sistemática e gosto de ter ordem pra fazer as minhas atividades. Por esse exato motivo, postar vídeos uma vez na vida outra na morte e fazer resenhas jogadas (sem um dia) estava me deixando bem agoniada com essa bagunça haha

Por esse motivo, sentei ontem e montei um sistema pra mostrar os dias que terão posts no blog e vídeos no canal. Fazer isso vai trazer conteúdo com mais frequência, o que é  fantástico! 😀 Porém, antes de qualquer coisa é bom falar que eu estudo (no exato momento a instituição que eu faço curso está em greve, mas um dia [um dia] eu volto a estudar), e muitas vezes eu tenho projetos pra terminar no CAD, projetos pra terminar na prancheta, trabalhos… Enfim, coisas de pessoas que fazem curso de edificações. Além, é claro, das minhas atividades pessoais , como as minhas reuniões. Então, vão haver semanas em que eu não vou poder fazer três posts por semana, ou pode ser que eu deixa de gravar algum vídeo por está muito corrido. Mas, no geral, vai ser essa a “rotina de posts”.

Rotina

E ai? Gostaram? Espero que sim. Todo esse planejamento é pra deixar o blog mais organizado e , também, trazer conteúdo com mais frequência.

É isso galera! 😀 Aceito sugestões também! 😉

Grande abraço e até a próxima!

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob

[RESENHA] A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista da Jennifer E. Smith

Hey pessoas!

E olha só quem está conseguindo retomar o ritmo de leitura? EU! 🙂 Acho que mereço palmas! haha

 :

ISBN:  ISBN-13: 9788501095442 ISBN-10: 8501095443

Páginas: 224

Nota: ★★★★★

Sinopse: Com uma certa atmosfera de Um dia, mas voltado para o público jovem adulto, A probabilidade estatística do amor à primeira vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.

 :

E se ela não tivesse atrasado? E se não tivesse esquecido o livro? E se ? E se ?

 :

Em A Probabilidade Estatística do Amor a Primeira Vista temos a história de como Hadley e Oliver se conheceram sendo contada em terceira pessoa, num período de um dia. Pra começar, esse fato do livro ser contado em um dia mostra pro leitor a importância que um dia, apenas um dia, pode ter em toda uma vida. Como um dia (ou quatro minutos) podem mudar tudo.

Talvez os atrasos no decorrer do dia sejam apenas detalhes, mas, se não fosse por eles, teria sido por causa de alguma outra coisa.

Com uma narrativa envolvente, Jennifer nos apresenta Hadley : um jovem de 17 anos que não está nem um pouco feliz em embargar em um avião para Londres naquele dia. O motivo? Hadley está indo para a Terra da Rainha para o casamento do seu pai com uma mulher que ela nunca viu na vida. Sim… “a mulher britânica”. 

O amor é a coisa mais estranha e sem lógica do mundo.

A viagem, que não tem nada para ser agradável, acabando tomando um rumo diferente quando Hadley se atrasa 4 minutos e não pode embarcar. Isso parece motivo suficiente para deixar a viagem, que já não seria algo muito legal devido ao casamento e ao fato dela odiar aeroportos por causa da claustrofobia, ainda pior.  Porém, o que Hadley não sabia é que esses 4 minutos transformariam essa viagem em algo inesquecível. Enquanto ela espera o próximo voo, conhece Oliver , um garoto britânico que também está indo para Londres e vai passar as próximas 7 horas sentado ao lado dela.

 :

Mesmo que a história se passe em 24 horas, o leitor se depara com vários flashbacks que ajudam a compreender o motivo da separação dos pais de Hadley, além de inserir você no contexto de tudo o que está acontecendo.

A leitura é muito divertida e os personagens são fascinantes (principalmente Oliver, que é bem descontraído). Consegui ler ele em uma tarde (o que não conseguia fazer desde que li Procura-se) e simplesmente amei. Você está lendo, e quando se conta, o livro acabou.

E pra finalizar, gostaria apenas de ressaltar a forma como o significado do título do livro é apresentado ao leitor. Não vou falar como (por que é meio que um spoiler, e se eu transcrever aqui vai perder a graça), mas quero que vocês leiam e me falem se sentiram o mesmo que eu : o timing perfeito. A fala que da título ao livro é simplesmente perfeita, concluindo o livro com chave de ouro.

Acompanhe o Blog nas redes sociais:

Facebook  Twitter ✽ Tumblr  ✽ Pinterest  ✽ Ask  ✽ Skoob